sábado, 25 de outubro de 2014

Lima Duarte abre o 4º Festival Internacional Pequeno Cineasta dia 5 de novembro na Casa Daros no Rio de Janeiro





                    4º Festival Internacional Pequeno Cineasta de 5 a 9 de novembro no Rio de Janeiro


                 
                    O mundo visto pelos olhos crianças

               212 filmes inscritos | 13 países participantes

O Festival Internacional Pequeno Cineasta (FIPC), que exibe filmes realizados por crianças e jovens de 8 a 17 anos de todas as partes do mundo, chega à quarta edição e acontece de 5 a 9 de novembro em sete importantes pontos do Rio de Janeiro – Casa Daros, Centro Cultural Banco do Brasil, Arena Carioca Dicró, Cinesystem Bangu, Cinesystem Recreio, Instituto Cervantes e Museu do Meio Ambiente do Jardim Botânico. A cerimônia de abertura, na Casa Daros, será conduzida pelo ator Lima Duarte e pelo pequeno cineasta João Pedro Faro. O 4o Festival Internacional Pequeno Cineasta tem patrocínio da Eletrobrás, Espaço Move e edital de fomento à cultura da Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro. Toda programação do festival é gratuita.

Organizado, desde 2010, pela cineasta Daniela Gracindo, o FIPC traz novidades internacionais esse ano: uma parceria com o Copenhagen Film Festivals - BUSTER representado pela diretora Füsen Eriksen que virá ao Brasil; uma mostra de filmes venezuelanos e o workshop “Cine em Sala de Aula” para professores e líderes comunitários ministrado pela venezuelana Rita Elena Avila, da Fundación Manuel Trujillo Durán, que exerce o cargo de coordenadora dos festivais de cinema infanto-juvenis de toda Venezuela, além da exposição “Minha Vida Pacificada” da fotógrafa nova-iorquina Margaret Day com fotografias elaboradas por um grupo de crianças da Rocinha. As fotografias retratando os sonhos, as brincadeiras e a realidade da comunidade serão exibidas no Instituto Cervantes.



Haverá exibição de filmes com temática ambiental na Mostra Sustente Sua História e a oficina de animação ambiental conduzida pelo professor Alexandre Juruena no Museu do Meio Ambiente do Jardim Botânico. Nas aulas, voltadas para crianças e que serão divididas em duas turmas de 17 alunos, será filmado um pequeno curta de animação utilizando materiais orgânicos – sementes, flores, folhas secas. O curta será exibido na cerimônia de encerramento do FIPC, no dia 9 de novembro em cerimônia no local. Entre as atrações do FIPC estão: a mesa-redondinha reunindo crianças brasileiras e argentinas para debaterem, por vídeo conferencia, o tema da ditadura. O filme “Sabiá” do jovem Lello Campos será exibido na Casa Daros abordando o tema que tão fortemente marca os dois países latinos. Lello, agora com 23 anos, escreveu e dirigiu o filme aos 15 anos de idade e estará presente ao encontro. Um filme realizado por crianças argentinas abordando o tema também será exibido. Além da mesa-redonda reunindo representantes do setor audiovisual no Instituto Cervantes sob a coordenação do professor da escola Oi Kabum, Alberto Tornaghi, para debater o “Processo Criativo e a linguagem audiovisual”.

As sessões de cinema são divididas em Mostra Competitiva Nacional Categoria Crianças e Categoria Jovens, Mostra Competitiva Internacional Categoria Crianças e Categoria Jovens eMostra Não Competitiva Oficina Pequeno Cineasta. Os melhores filmes recebem dois troféus: o do júri oficial composto por 10 crianças sob a mediação de um cineasta e a do júri popular. O público presente às sessões recebe uma cédula para votar nos melhores filmes e, ao final, do evento, essas são computadas. Além de troféus, os melhores filmes avaliados pelo júri oficial – categorias Competitiva Nacional feito por crianças de 8 a 13 anos; Competitiva Nacional feito por jovens de 14 a 17 anos; Competitiva Internacional feito por crianças de 8 a 13 anos e Competitiva Internacional feito por jovens de 14 a 17 anos -, receberão um kit da câmera digital DSLR D3200 + lente AF-S DX NIKKOR 18-55mm f/3.5-5.6G VR e os melhores filmes eleitos por júri popular nas categorias Competitiva Nacional (8 a 13 anos e 14 a 17 anos) e Competitiva Internacional (8 a 13 anos e 14 a 17 anos) receberão uma câmera digital Nikon COOLPIX L820.

HOMENAGEM - Todos os anos, o FIPC presta homenagem a uma instituição ou ONG. Esse ano a instituição homenageada será o Instituto Rogério Steinberg (IRS) que descobre crianças com talentos especiais oriundas de famílias socialmente vulneráveis e as ajuda a despertar seu potencial pleno. Em 15 anos de atuação, mais de 33.000 crianças e jovens já foram beneficiados pelas atividades que trabalham o emocional, leitura e expressão, pensamento abstrato, criatividade, mentalidade empreendedora e orientação para o mercado de trabalho. Os resultados podem ser confirmados por aprovações em concursos públicos para escolas de excelência, faculdades públicas e particulares, premiações em concursos de artes e literatura e reconhecimento/contratação por outras instituições pela competência atlética, artística e musical.


AGENDA

05 - NOV - 2014 - QUARTA
19h30 às 22h – Abertura - Casa Daros – Botafogo Abertura oficial do Festival apresentada pelo ator Lima Duarte e o Pequeno Cineasta João Pedro Faro com exibição de curtas que estarão na programação da nossa quarta edição.

06 - NOV - 2014 - QUINTA
09h30 às 13h30 – Workshop “Cine na Sala de Aula”- Instituto Cervantes – Botafogo14h30 – Abertura Exposição Novos Olhares - Instituto Cervantes – Botafogo
10:50 – Mostra Competitiva Nacional – Categoria Crianças – CCBB – Centro 11:10 – Mostra Competitiva Nacional – Categoria Crianças - Casa Daros – Botafogo 11:40 – Mostra Competitiva Nacional – Categoria Jovens – CCBB – Centro 12:00 – Mostra Competitiva Internacional – Categoria Crianças - Casa Daros – Botafogo 14:00 – Mostra Não Competitiva Oficina Pequeno Cineasta - Casa Daros – Botafogo
14:00 às 17:00 Oficina de Animação Ambiental Museu do Meio Ambiente – Jardim Botânico
14:30 – Mostra Competitiva Internacional – Categoria Crianças – CCBB Centro 15:00– Mostra Competitiva Nacional – Categoria Jovens - Casa Daros – Botafogo 16:00 – Mostra Competitiva Internacional – Categoria Jovens - Casa Daros – Botafogo 17:00– Mostra Não Competitiva Oficina Pequeno Cineasta - Casa Daros – Botafogo
17:00 às 19:00 - Mesa redonda - Instituto Cervantes – Botafogo

07 – NOV - 2014 – SEXTA
09:30 às 13:30 – Workshop “Cine na Sala de Aula"- Instituto Cervantes – Botafogo10:00 às 18:00 – Exposição Novos Olhares - Instituto Cervantes – Botafogo
10:00 – Mostra Não Competitiva Oficina Pequeno Cineasta - Arena Carioca Dicró – Penha 10:00 – Mostra Não Competitiva Oficina Pequeno Cineasta Cinesystem Bangu10:00 – Mostra Não Competitiva Oficina Pequeno Cineasta Cinesystem Recreio10:00 – Mostra Não Competitiva Sustente Sua História - Museu do Meio Ambiente – Jardim Botânico 10:50 – Mostra Competitiva Nacional – Categoria Crianças - Arena Carioca Dicró – Penha
10:50 – Mostra Competitiva Nacional – Categoria Crianças – CCBB Centro 10:50 – Mostra Competitiva Nacional – Categoria Crianças Cinesystem Bangu 10:50 – Mostra Competitiva Nacional – Categoria Crianças Cinesystem Recreio 10:50 – Mostra Competitiva Nacional – Categoria Jovens Museu do Meio Ambiente – Jd. Botânico.11:10 – Mostra Competitiva Nacional – Categoria Crianças - Casa Daros – Botafogo
11:40 – Mostra Competitiva Internacional – Categoria Crianças - Arena Carioca Dicró – Penha 11:40 – Mostra Competitiva Internacional – Categoria Jovens - CCBB Centro11:40 – Mostra Competitiva Internacional – Categoria Crianças - Cinesystem Bangu11:40 – Mostra Competitiva Internacional – Categoria Crianças - Cinesystem Recreio
11:40 – Mostra Competitiva Internacional – Categoria Jovens - Museu do Meio Ambiente – Jd. Botânico 12:00 – Mostra Competitiva Internacional – Categoria Crianças - Casa Daros – Botafogo 14:00 – Mostra Não Competitiva Oficina Pequeno Cineasta - Casa Daros – Botafogo
14:00 às 17:00 Oficina de Animação Ambiental Museu do Meio Ambiente – Jardim Botânico
14:30 – Mostra Competitiva Nacional – Categoria Jovens - Arena Carioca Dicró – Penha 14:30 – Mostra Competitiva Nacional – Categoria Crianças – CCBB Centro14:30 – Mostra Competitiva Nacional – Categoria Jovens Cinesystem Bangu 14:30 – Mostra Competitiva Nacional – Categoria Jovens Cinesystem Recreio
15:00 – Mostra Competitiva Nacional – Categoria Jovens - Casa Daros – Botafogo15:20 – Mostra Competitiva Internacional – Categoria Jovens - Arena Carioca Dicró – Penha 15:20 – Mostra Competitiva Internacional – Categoria Jovens Cinesystem Bangu 15:20 – Mostra Competitiva Internacional – Categoria Jovens Cinesystem Recreio 16:00 – Mostra Competitiva Internacional – Categoria Jovens - Casa Daros – Botafogo 16:10 – Mostra Não Competitiva Oficina Pequeno Cineasta - Arena Carioca Dicró – Penha 16:10 – Mostra Não Competitiva Oficina Pequeno Cineasta Cinesystem Bangu 16:10 – Mostra Não Competitiva Oficina Pequeno Cineasta Cinesystem Recreio 17:00 – Mostra Não Competitiva Oficina Pequeno Cineasta - Casa Daros – Botafogo

08 – NOV - 2014 SÁBADO
09h30 às 13h30 – Workshop “Cine na Sala de Aula"- Instituto Cervantes – Botafogo10h às 18h – Exposição Novos Olhares - Instituto Cervantes – Botafogo
10:00 – Mostra Não Competitiva Oficina Pequeno Cineasta – Arena Carioca Dicró – Penha 10:00 – Mostra Não Competitiva Sustente Sua História - Museu do Meio Ambiente – Jardim Botânico 10:00 – Mostra de Animação da Venezuela - Arena Carioca Dicró – Penha 10:50 – Mostra Competitiva Nacional – Categoria Crianças - Museu do Meio Ambiente – Jd. Botânico
11:30 às 13:00 – Mesa redondinha – Casa Daros – Botafogo
11:40 – Mostra Competitiva Internacional – Categoria Crianças - Museu do Meio Ambiente - Jd. Botânico 14:00 – Mostra Competitiva Nacional – Categoria Crianças - Casa Daros – Botafogo 14:00 – Mostra Não Competitiva Oficina Pequeno Cineasta - CCBB
14:30 às 15:30 – Exibição dos curtas e making off da Turma 22 da Oficina Pequeno Cineasta – Instituto Cervantes – Botafogo
15:00 – Mostra Não Competitiva Oficina Pequeno Cineasta Cinesystem Bangu
15:00 – Mostra Não Competitiva Oficina Pequeno Cineasta Cinesystem Recreio
15:00 – Mostra Competitiva Internacional – Categoria Crianças - Casa Daros - Botafogo
15:30 – Mostra de filmes de animação da Venezuela - Instituto Cervantes - Botafogo
15:50 – Mostra Competitiva Nacional – Categoria Crianças Cinesystem Bangu
15:50 – Mostra Competitiva Nacional – Categoria Crianças Cinesystem Recreio
15:50 – Mostra Competitiva Nacional – Categoria Crianças CCBB - Centro 16:00 – Mostra Competitiva Nacional – Categoria Jovens - Casa Daros - Botafogo
16:40 – Mostra Competitiva Internacional – Categoria Crianças - CCBB Centro 16:40– Mostra Competitiva Internacional – Categoria Criança - Cinesystem Bangu
16:40 – Mostra Competitiva Internacional – Categoria Crianças Cinesystem - Recreio
17:00 – Mostra Competitiva Internacional – Categoria Jovens - Casa Daros - Botafogo
17:30 – Mostra Competitiva Nacional – Categoria Jovens Cinesystem Bangu
17:30 – Mostra Competitiva Nacional – Categoria Jovens Cinesystem Recreio
18:20 – Mostra Competitiva Internacional – Categoria Jovens Cinesystem Bangu
18:20 – Mostra Competitiva Internacional – Categoria Jovens Cinesystem Recreio
19:10 – Mostra Não Competitiva Oficina Pequeno Cineasta Cinesystem Bangu
19:10 – Mostra Não Competitiva Oficina Pequeno Cineasta Cinesystem Recreio

09 – NOV - 2014 DOMINGO
10:00 às 13:00 Encerramento com premiação e exibição dos curtas vencedores
14:00 – Mostra Não Competitiva Oficina Pequeno Cineasta – CCBB Centro 15:50 – Mostra Competitiva Nacional – Categoria Jovens – CCBB Centro 16:40 – Mostra Competitiva Internacional – Categoria Jovens – CCBB Centro

Locais

LOTAÇÃO – ACESSIBILIDADE
ARENA CARIOCA DICRÓ - Av. Brás de Pina - Parque Ary Barroso s/n. (entrada pela rua Flora Lobo) Penha - Tel. 3486-7643 Auditório – 338 lugares Acessibilidade: sim
arenadicro@observatoriodefavelas.org.br
CASA DAROS – Rua General Severiano, 159 - Centro Tel. 2138-0850 Auditório – 90 lugares Acessibilidade: sim
Entrada Gratuita Agendamento - agendamento@casadaros.net – para grupos de escolas públicas, particulares e organizações sociais.
CENTRO CULTURAL BANCO DO BRASIL – Rua Primeiro de Março, 66- CENTRO Cinema 2 - 50 lugares sendo 1 para cadeirante Acessibilidade: elevador para portadores de necessidades especiais.
CINESYSTEM RECREIO - Av. das Américas, 19019 Loja B - Recreio dos Bandeirantes - Recreio Shopping Sala de cinema: 271 poltronas + 4 cadeirantes Acessibilidade: sim
CINESYSTEM BANGU - Rua Fonseca, 240 Loja 145 B - Bangu - Bangu Shopping Sala de cinema: 353 poltronas + 3 cadeirantes Acessibilidade: sim
INSTITUTO CERVANTES - Rua Visconde de Ouro Preto 62 - Botafogo - 3554 5913Auditório - 100 lugares Acessibilidade: sim
MUSEU DO MEIO AMBIENTE DO JARDIM BOTÂNICO – Rua Jardim Botânico 1008 Sala Multimídia – 70 lugares Acessibilidade – sim


*Agendamentos com reserva de lugares para todos os eventos: contato@pequenocineastafest.com.br

Assessoria de Comunicação | Cida Fernandes & Clóvis Corrêa | 982897728; 986243980

Crianças homenageiam o centenário de Caymmi na Restinga de Marambaia no Dia Nacional da Cultura



CAYMMI NA BEIRA DO MAR


Crianças homenageiam o centenário de Dorival Caymmi em escola da
Restinga da Marambaia no Dia Nacional da Cultura


O cantor e compositor Dorival Caymmi(30/4/1914–16/8/2008) será o grande homenageado, dia 5 de novembro, quarta-feira, “Dia Nacional da Cultura”, com apresentação única dos Flautistas da Marambaia e Flautistas da Pro Arte, às 13 horas, na Escola Municipal Professor Viera Fazenda, em  Barra de Guaratiba. O cenário é na beira do mar na Restinga da Marambaia, Zona Oeste do Rio de Janeiro. A entrada é franca.

É um espetáculo da natureza a localização da pequena escola. Um cenário que certamente encantaria o baiano que tanto cantou e escreveu sobre os encantos que o mar e os pescadores da Bahia lhe trouxeram e que ele soube como ninguém retratar em sua obra.

Esse projeto foi desenvolvido com os alunos em Guaratiba pela flautista Claudia Ernest Dias, que é professora de história na escola municipal e também está a frente da Pro Arte. "Caymmi foi apresentado às crianças de diversas turmas através de músicas, textos, biografia, vídeos, desenhos e pesquisas".

O trabalho com os alunos de 11 aos 14 anos de idade foi inspirado no vitorioso projeto Flautistas da Pro Arte. A partir de atividades interdisciplinares envolvendo diversos núcleos da escola, vinte alunos receberam aulas de flauta, canto e dança e aprenderam o repertório de canções como "Histórias de Pescadores", "Maracangalha", "Canoeiro", entre outras. 

O projeto foi abraçado pela direção e professores da escola:  Claudia Vieira (teatro), Lívia Benassi (sala de leitura), Eliane de Castro Assumpção (português) e Maria de Fátima Osório (educação artística). Contou também com as participações da professora de canto Laura Gubernikoff e na preparação cênica, Joana Nicioli. 

Essa apresentação será somada aos Flautistas da Pro Arte, trabalho de educação musical através da música popular brasileira, desenvolvido há 25 anos e que também estará homenageando o mestre.  Os dois grupos – Flautistas da Marambaia e Flautistas da Pro Arte – estarão juntos neste dia lembrando o grande Dorival Caymmi.

_ Neste dia o canal MultiRio, que tem acompanhado o processo de trabalho com os alunos na escola e na Pro Arte, volta a Marambaia para também registrar esta apresentação e finalizar a série “Coletivamente”, disse Claudia Ernest Dias.

A direção do projeto Flautistas da Pro Arte é de Bebel Nicioli, Bruno Jardim e Claudia Ernest Dias e a direção e coordenação geral dos Flautistas da Marambaia é assinada apenas por Claudia Ernest Dias. O projeto Flautistas da Pro Arte conta com o Patrocínio da Petrobras através da Lei de Incentivo à Cultura do Estado do Rio de Janeiro.

EQUIPE:
                Coordenação geral: Claudia Ernest Dias
                Produção: Gregório Tavares e Mariana Borgerth
                Preparação cênica: Joana Nicioli
                Direção (Flautistas da Pro Arte): Bebel Nicioli, Bruno Jardim e Claudia Ernest Dias
                Direção de movimento (Flautistas da Pro Arte): Eleonora Gabriel (Cia. Folclórica do       Rio - UFRJ)

REPERTÓRIO:
                Saudades de Itapoã
Arranjo: Raimundo Nicioli
                Maracangalha/Eu não tenho onde morar
Arranjo: Raimundo Nicioli
                História de pescadores
Arranjo: Raimundo Nicioli
                Canoeiro (pescadores)
Arranjo: Marcelo Caldi
                Quem vem pra beira do mar
Arranjo: Bruno Jardim
                Vou ver Juliana
Santa clara clareou
                Peguei um ita no Norte
Arranjo: Tina Pereira
                Festa de rua
Arranjo: Tina Pereira
                O bem do mar
Arranjo: Bruno Jardim


SERVIÇO:
dia 5 de novembro, quarta-feira, às 13 horas
Flautistas da Marambaia e Flautistas da Pro Arte interpretam Dorival Caymmi
Local: Escola Municipal Professor Viera Fazenda
Estr. Roberto Burle Marx, 9140 - Barra de Guaratiba, RJ  -  tel 3377 1381
Faixa Etária Livre
Duração: 60 minutos
Capacidade: 60 lugares
Entrada franca

Assessoria de Comunicação | Cida Fernandes & Clóvis Corrêa |982897728; 986243980

               

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Sala Baden Powell se transforma em espaço multiuso com show do Monobloco na inauguração dia 23 de outubro




Após adaptações e melhorias, uma nova Sala Municipal Baden Powell será aberta ao público em Copacabana, no dia 23 de outubro, quinta-feira, às 20 horas, com show do grupo Monobloco. 

A "Sala"oferecerá outras atividades além dos shows, se tornando um espaço multiuso. Toda a ação faz parte do Rio Som & Cena, ocupação da Burburinho Cultural.

A iniciativa é uma parceria entre a Burburinho Cultural, a Prefeitura do Rio - através da Secretaria Municipal de Cultura -, Senac/RJ, Diálogo Urbano, Clube do Cozinheiro, Tetra Filmes, Canal Music Box Brazil e Monobloco. Agora, além dos shows de quinta a domingo no teatro de 500 lugares, a preços populares, a nova Sala Baden Powell também terá seu café/bar e foyer com atividades à disposição da cultura, a partir de terça a domingo, 14h, com entrada franca mediante retirada de ticket na bilheteria.

O café-bar no segundo piso ficará a cargo do Clube do Cozinheiro, apresentando cervejas artesanais e cafés especiais. Com direito a uma programação cultural variada com música, performances teatrais e lançamentos de livros. Além de explorar o espaço com aulas, cursos e noites de harmonização de bebidas.

Já o foyer, em todo o primeiro andar, abrigará uma exposição permanente do patrono Baden Powell, organizado pela diretora de arte Mariana Machado. Na parede, TVs LED fazem o anúncio das atrações em looping, substituindo os antigos banners.

No segundo andar, além das atividades do Clube do Cozinheiro, exposição de fotos dos shows da programação do teatro. Um trabalho produzido pelos alunos dos cursos de fotografia e eventos do Senac/ RJ, que estarão constantemente no teatro registrando cada apresentação musical.

Promovido pela Secretaria Municipal de Cultura, a iniciativa Troca-Troca de Livros encoraja o câmbio de exemplares usados entre amantes da leitura. Para que a troca seja efetuada, é necessário que o leitor apresente livros em bom estado de conservação. No ato da entrega, o doador poderá trocar seu exemplar por outros de sua preferência, disponíveis no foyer da Sala.

A Sala Baden Powell funcionará de terça a domingo, das 14 às 22h. Os shows acontecerão de quarta a domingo com ingressos populares.

Em parceria com o canal Music Box Brasil(123 na NET) as vinhetas dos shows passarão a integrar a programação da emissora.

O Monobloco:
 "Arrastão de Alegria" é o show que o Monobloco fará na inauguração da nova Sala Baden Powell, no dia 23 de outubro, quinta-feira, às 20h. A produção é uma com a Burburinho Cultural e Secretaria Municipal de Cultura."Arrastão de Alegria" apresenta a conhecida sua mistura de ritmos e estilos musicais brasileiros que consagrou o grupo com sambas, marchinhas e outras canções do universo pop.

O Monobloco já passou por cidades inúmeras cidades brasileiras e de outros países para shows e oficinas de percussão como a que acontece durante todo o ano, na Sala Baden Powell, Rio de Janeiro.

Consagrado por incorporar diversos ritmos e estilos musicais à batida do samba, o Monobloco cresceu tanto que há alguns anos os fundadores criaram a versão Monobloco Show (com 17 integrantes) Em 2010, o grupo completou 10 anos de carreira e lançou o CD/DVD ao vivo Monobloco 10.

O Monobloco é formado por: Alessandro (cavaco), Biguli (voz), C.A. Ferrari (repique), Cachaça (cavaco), Caco Chagas (surdo), Carlinhos (cavaco), Celso Alvim (caixa), Fábio Allman (voz), Fábio Groove (tamborim), Fred Castilho (caixa), Gabriel Lopes (surdo), Gui Rodrigues (caixa), Igor Araújo (chocalho/ baixo), Júnior Teixeira (tamborim), Leo Saad (agogô), Marcos Feijão (caixa), Mário Moura (surdo), Maurão (surdo), Momo (voz/guitarra), Pedro Luís (voz), Pedro Quental (voz), Pitito (caixa) e Sidon Silva (tamborim).

Serviço:
 Show Grupo Monobloco - 23 de outubro, quinta-feira, 20 horas
Sala Municipal Baden Powell

Av. N.S. de Copacabana, 360 - Copacabana, RJ – Estação Arcoverde do Metrô 

Tel: 2233-6879 (Burburinho Cultural) | 2255-1067 (Sala Baden Powell)
Ingressos antecipados: www.compreingressos.com

Ingressos: R$ 40,00 e R$20

Não aceita cartões

Bilheteria aberta de terça a domingo a partir das 16h

Não tem estacionamento

Acesso a cadeirantes

Funcionamento da Sala Baden Powell a partir de 23 de outubro:

De terça a domingo das 14 às 22h - Com entrada franca mediante retirada de ticket

Shows: de quinta a domingo com ingressos populares e venda antecipada através do site compreingresso.com


Área de anexos

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

El Tosh rapper brasileiro parceiro de Julian Marley, lança CD produzido por Carolina Monte, no Rio de Janeiro


Show de lançamento do CD “Conceito – El Tosh”
Produzido por Carolina Monte

El Tosh, um dos maiores rappers do Brasil, faz show de lançamento do seu terceiro CD "Conceito"(Selo Braço Forte), produzido por Carolina Monte. Três datas estão marcadas para mostrar o seu novo trabalho nos dias 8(Gafieira Moderna), 12(Hip Hop Lapa) e 16(Arpôblack) de outubro.



O novo albúm traz destaques como ¨Uma Ajuda¨, parceria de El Tosh com o músico gaúcho Tonho Crocco, e ainda participação do coletivo Eletrobase DJs, entre outras músicas já conhecidas do público a exemplo de "Tell Me" e "Seu Momento”. O primeiro CD saiu em 2004, "A Tática da Arte Mostrada na Prática", já em 2010 lançou o segundo disco ¨Em Qualquer Lugar¨, indicado ao Prêmio da Música Brasileira, surpreendentemente na categoria Pop/Rock. 

Em 2008, após abrir o show do rapper norte-americano Ja Rule na favela da Rocinha, firmou parcerias com importantes nomes da música internacional como Julian Marley, o produtor Kev Brown e D-Lyfe, que foi DJ oficial do rapper Jay-Z. El Tosh é um dos seletos MC´s que apresenta-se juntamente com o consagrado DJ Kl Jay, dos Racionais MC´s.

Criado em Vicente Carvalho no Rio de Janeiro, aos pés do Morro do Juramento no subúrbio da Zona Norte, conheceu o rap em meados dos anos 90 através das sessions diárias de skate,  esporte que praticava na época.  Atualmente é um dos MC's de hip-hop mais conceituados da cidade carioca, destacando-se com seu 'freestyle' de alto nível e suas produções musicais indicadas a prêmios. 

Desde 2001, El Tosh é fortemente atuante na cena hip-hop tendo seus raps tocados nas principais rádios e seu nome divulgado nos mais importantes meios de comunicação. Além de ter seu vídeo clipe exibido na MTV, se apresentou em eventos com grandes nomes de diferentes estilos da música brasileira como Nando Reis, Paralamas do Sucesso, Racionais MC's, Black Alien, B. Negão, Mister Catra, MV Bill, Ultramen, DeFalla, Rapin Hood entre outros. 


"Conceito" novo álbum:

O disco reúne 8 faixas do artista compostas nos últimos três anos e traz participações da cantora Andressa Mandarino, Black Alien, Tonho Crocco e ViniMax. Os instrumentais foram produzidos por David Cole, DJ Hum, Eletrobase DJ´s, Tonho Crocco, X-Type Music e pelo próprio El Tosh. A produção musical é de Carolina Monte. A capa é de Augusto dos Reis que integra o projeto de turismo social no Visual Cultural que El Tosh desenvolve na comunidade da Rocinha.

CONCEITO contém participações especiais de diversos artistas.  Vinimax integra-se no refrão da primeira música “O Estilhaço”. Aqui, Eltosh se aproxima de seu tempo enquando rima de forma explosiva sobre o caos ao redor. 

O talento da cantora Andressa Mandarino floresce, com vocais envolventes na música “Free Drinks”, criando um contraponto para o discurso, no tom mais grave e sempre agressivo cantado pelo rapper. A canção contagiante conta com o instrumental do DJ Hum, mérito também dele. 

A terceira faixa, “Seu Momento, de percussões pulsantes, assim como a música seguinte “Uma Ajuda”, prestigiada nos refrãos pelo cantor Tonho Crocco, compõem letras com conotação tanto quanto altruísta, das quais destacam o coletivismo, valor cada vez mais perdido no universo moderno. 

“Tell Me”, é a mais romântica música do álbum. El Tosh, explorando o lado sentimental criou batidas modernas que se ajustam em cima de um sample proveniente da diva Lyn Collins, apresentando mistura de gêneros do soul com rap. 

Black Alien, presença em “Power”, mostra dilemas sobre o conceito de justiça, acrescentando ganchos repetitivos, pedindo poder para o povo.
Na sétima faixa, nos deparamos com Sonhos, Perdas e Danos, evidência da evolução musical do artista. A penúltima música do disco conta com grande musicalidade e sensibilidade nas letras, narrando histórias sobre mundos em que vivemos e como as dificuldades habituais são superadas dia após dia. 

“Coisas Da Vida”, instrumental do David Cole, El Tosh apresenta um rap transgressor consideravelmente complexo. 

Nessa obra, o artista se apresenta com mais maturidade e cuidado, provando como fazer rap com expansão do gênero e evolução das letras, para além da temática gângster.  O rapper tem um engajamento com sua postura conceptual, vindo de um jovem maduro e bucólico que tem assunto para falar sobre o que quiser. El Tosh atesta com este álbum, que emoções sonoras é o seu ramo.

BLACK ALIEN feat. El Tosh - POWER "Poder para o povo"
El Tosh "Seu Momento" vídeo clipe oficial

SERVIÇO
Dia 8 de outubro, quarta-feira, 21h
EL TOSH – Lançamento do CD CONCEITO
+ pocket show com Tony Mariano. DJ’s Kong (Rap Underground) Roger Flex (Rap Nacional)
Sessão de Freestyle
Gafieira Moderna - Rua do Ouvidor 21 - Praça XV – Centro – RJ  
Telefone: (21) 2508-6568 
Ingressos: 20,00  | Faixa Etária: 16 anos
Capacidade: 300 pessoas

Assessoria de Comunicação | Cida Fernandes & Clóvis Corrêa | 21. 982897728 ; 24013210; 986243980

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

4º Festival Internacional Pequeno Cineasta

INSCRIÇÕES PRORROGADAS PARA O 4º FESTIVAL INTERNACIONAL PEQUENO CINEASTA




Estão abertas até o dia 1º de outubro as inscrições para o 4º Festival Internacional Pequeno Cineasta (FIPC) que exibe filmes produzidos por crianças e jovens de 8 a 17 anos. O regulamento está disponível no site www.pequenocineasta.com.br

O festival, que acontece de 5 a 9 de novembro em diversos pontos do Rio de Janeiro com exibição gratuita, vai premiar oito categorias com o troféu Pequeno Cineasta e câmeras da Nikon. Um kit da câmera digital DSLR D3200 + lente AF-S DX NIKKOR 18-55mm f/3.5-5.6G VR será ofertada para cada filme eleito como o melhor pelo júri oficial nas categorias: Competitiva Nacional feito por crianças de 8 a 13 anos; Competitiva Nacional feito por jovens de 14 a 17 anos; Competitiva Internacional feito por crianças de 8 a 13 anos e Competitiva Internacional feito por jovens de 14 a 17 anos. Para os melhores filmes eleitos por júri popular nas categorias Competitiva Nacional (8 a 13 anos e 14 a 17 anos) e Competitiva Internacional (8 a 13 anos e 14 a 17 anos) o prêmio será uma câmera digital Nikon COOLPIX L820 para cada um dos filmes escolhidos.

No ano passado, os filmes ganhadores vieram do Rio de Janeiro, Ceará, Pernambuco, Burundi, Argentina, Portugal e Armênia escolhidos entre os 83 filmes inscritos de 14 países - Armênia, Argentina, Bélgica, Burundi, Brasil, Colômbia, Espanha, Grécia, EUA, Itália, México, Portugal, UK, Venezuela.

O Festival Internacional Pequeno Cineasta é organizado, desde 2010, pela cineasta Daniela Gracindo e tem patrocínio da Eletrobrás e Espaço Move e apoio da Nikon, Casa Daros, Instituto Cervantes, Arena Carioca Dicró, Observatório de Favelas, Museu do Meio Ambiente do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, Jardim Botânico do Rio de Janeiro, Agência Cravo, Vinícola Aurora, Canapés Giovanini, Secretaria de Estado de Cultura, Secretaria Municipal de Cultura, Secretaria de Estado de Educação, Secretaria Municipal de Educação e Instituto Cultural da Dinamarca.

4º Festival Internacional Pequeno Cineasta
Inscrições até 1º de outubro
Regulamento no site www.pequenocineasta.com.br

Prêmios e categorias
Competitiva Nacional – categoria filmes feitos por crianças (8 a 13 anos)
Melhor Filme pelo Júri Oficial – Kit com Câmera Digital Nikon 
DSLR D3200 + lente AF-S DX NIKKOR 18-55mm f/3.5-5.6G VR (uma unidade)
Melhor Filme pelo Júri Popular - Câmera Digital Nikon COOLPIX L820 (uma unidade)
Competitiva Nacional – categoria filmes feitos por jovens (14 a 17 anos)
Melhor Filme pelo Júri Oficial – Kit com Câmera Digital Nikon 
DSLR D3200 + lente AF-S DX NIKKOR 18-55mm f/3.5-5.6G VR (uma unidade)
Melhor Filme pelo Júri Popular - Câmera Digital Nikon COOLPIX L820 (uma unidade)
Competitiva Internacional – categoria filmes feitos por crianças (8 a 13 anos)
Melhor Filme pelo Júri Oficial – Kit com Câmera Digital Nikon 
DSLR D3200 + lente AF-S DX NIKKOR 18-55mm f/3.5-5.6G VR (uma unidade)
Melhor Filme pelo Júri Popular - Câmera Digital Nikon COOLPIX L820 (uma unidade)
Competitiva Internacional – categoria filmes feitos por jovens (14 a 17 anos)
Melhor Filme pelo Júri Oficial – Kit com Câmera Digital Nikon 
DSLR D3200 + lente AF-S DX NIKKOR 18-55mm f/3.5-5.6G VR (uma unidade)
Melhor Filme pelo Júri Popular - Câmera Digital Nikon COOLPIX L820 (uma unidade)

Sobre os Prêmios
Compacta, leve e durável, a DSLR D3200 é equipada com um sensor CMOS de formato DX de 24.2 megapixels e o sistema de processamento de imagem EXPEED 3. A ampla faixa de sensibilidade ISO de 100 a 6.400 garante disparos em situações de baixa luminosidade sem o uso do flash. Através do Adaptador Móvel Sem Fio WU-1a opcional, é possível transferir instantaneamente os arquivos da D3200 para um smartphone ou tablet compatível, que pode atuar também como um controle remoto da câmera enquanto estiver conectado. Além disso, grava vídeos em Full HD (1080p) com foco automático contínuo, controle de exposição manual e som estéreo.

COOLPIX L820 conta com zoom óptico de 30x, dupla estabilização de imagem e sensor CMOS de 16 megapixels, que possibilita fotos com qualidade incrível mesmo com baixa luminosidade. O design ergonômico dá ao usuário mais estabilidade e faz com que o equipamento encaixe perfeitamente nas mãos, posicionando controles importantes como zoom e gravação de vídeo em Full HD (1080p) de forma confortável e rápido acesso.

Assessoria de Comunicação | Cida Fernandes & Clóvis Corrêa
21- 8289-7728 ; 86243980

domingo, 10 de agosto de 2014

Coletivo Samba Noir - Música com atmosfera de cinema a partir de 26/ago no Café Pequeno, RJ

COLETIVO SAMBA NOIR  inicia temporada dia 26 de Agosto, terça-feira, no Teatro Café Pequeno, Leblon, RJ

                      Katia B | Marcos Suzano | Luís Filipe de Lima | Guilherme Gê




“Coletivo Samba Noir” apresenta uma releitura contemporânea de clássicos da música brasileira que versam sobre o amor, suas dores e impossibilidades. À maneira dos filmes noir, o espetáculo, apresenta uma atmosfera densa, delicada e de alta voltagem cênica, apoiada em arranjos de feição contemporânea. Alguns dos mais célebres compositores inspirados pela dor-de-cotovelo estão presentes no roteiro do “Coletivo Samba Noir”: Nelson Cavaquinho, Lupicínio Rodrigues, Ary Barroso, Cartola, Noel Rosa e Antônio Maria, entre outros.

O quarteto é formado por nomes de destaque na cena musical carioca: Katia B (voz e guitarra), Marcos Suzano (ritmo e voz), Luís Filipe de Lima (violão de sete cordas) e Guilherme Gê (teclado e voz).

“Coletivo Samba Noir” reafirma a vocação da música brasileira para a melancolia, o lirismo e a densidade poética. Seu repertório remete a duas importantes referências musicais: o piano-bar e os grupos de choro e seresta. Aqui, entretanto, subvertidos por uma arrojada formação instrumental que combina a percussão personalíssima de Marcos Suzano com o violão de sete cordas castiço de Luís Filipe de Lima, e que mistura a voz sensível e densa de Katia B à experimentação requintada de Guilherme Gê, com sonoridades eletrônicas e linhas de baixo sub graves executadas no teclado. Vanguarda e tradição unem-se, neste Coletivo, para render homenagens às canções atemporais que falam de amores impossíveis, solidão, angústia e desassossego.       
                                                       
Entre duas dezenas de canções revisitadas pelo Coletivo, estão "Risque" (Ary Barroso), "Volta" (Lupicínio Rodrigues), "Pra que mentir?" (Noel Rosa), "Futuros amantes" (Chico Buarque) e "Luz negra" (Nelson Cavaquinho e Amâncio Cardoso).
“Coletivo Samba Noir” foi um dos projetos contemplados através da seleção pública do Programa Petrobras Cultural e contará com atividades que se estendem por 2014 e 2015. Além dos shows por diversas cidades o projeto terá o lançamento do CD  em novembro de 2014.

SERVIÇO      
Dias:  26 de agosto, 2, 9, 16, 23 e 30 de Setembro. Terças-feiras
Horário:
 20h
Local:
 Teatro Café Pequeno – Rua Ataulfo de Paiva, 269 – Tel: 2294-4480
Ingressos:
 R$10,00 (Inteira) e R$5,00 (meia)
Faixa Etária:
 18 anos (e adolescente acompanhado dos responsáveis)
Lotação:
 80 lugares
Não aceita cartões na bilheteria | Ingressos antecipados: www.compreingressos.com

Assessoria de Comunicação | Cida Fernandes & Clóvis Corrêa | 21 -982897728; 986243980